quarta-feira, 12 de março de 2014

Feita de pas-sados...





Engana-se quem pensa que somos feitos e construídos no hoje, no presente, no aqui/agora.
Todos temos uma história para contar, a história das nossas vidas. Uns mais breves que outros, mas sim, somos feitos de tijolos de ontem’s .

Dia após dia construímos isso que chamamos de vida.
“Vida: do latim, vita; o período que decorre entre o nascimento e a morte”
Durante esse período aprendemos, crescemos, estudamos, conhecemos pessoas, nos decepcionamos com umas, nos surpreendemos com outras. Choramos, rimos, perdemos e ganhamos coisas, pessoas, dias.
Dias...
O passar dos dias nos constrói , nos descontrói, nos molda...
O passar dos dias nos faz sermos o que fomos ontem, no que somos hoje, porém melhores. (nem todos, alguns não se permitem melhorar)
Encontre alguém que o ame, mas que acima de tudo ame seu passado. Porque é dele que você é feito, e não de hoje!
Encontre alguém que consiga aceitar todas as pedras do seu caminho, que saiba conviver com o cheiro das rosas e com o espetar dos espinhos.
Encontre alguém que ao se deparar com os seus espinhos saiba, e queira se encaixar neles e porque não ser espetado por eles?!
Não há roseira que não os possua. Não há porco-espinho que não os tenha, e os tendo fique sozinho. Sempre existe aquele que se permite ser junto com o outro. (Porco-espinho/passado-espinho. )
Sempre existe aquele que paga o preço das rosas convivendo também com os espinhos.
Encontre ESTE alguém!
Meu passado é meu e faz parte da minha história.
E eu vou olhá-lo sempre com a dignidade que ele merece!
Tem muito de mim lá, e muito dele aqui, todos esses dias me construíram e me moldaram da forma que sou hoje.
Sou feita de passados...
...e quem não é?
O segundo de agora, daqui a pouco vai ser passado, e assim sucessivamente construímos nossa história.
E embora tudo se faz novo no hoje, no agora, nós somos mesmo feitos do segundo que já não é, que foi... de ontem's.

Fui.

Sou.

Fui novamente.

Sou.

Paz-sou!